Início > Notícias

 

 

SIMAR aposta na Integração de solar térmico nas instalações do Juncal

2019-07-22

 

No passado mês de Abril 2019 os SIMAR de Loures e Odivelas concluíram a reabilitação do sistema de aquecimento de águas quentes sanitárias (AQS) com recurso a solar térmico.

 

No âmbito do Aviso 21:”Administração Pública Eficiente 2016”, do Fundo de Eficiência Energética, os SIMAR apresentaram uma candidatura com base num projeto de produção de Águas Quentes Sanitárias (AQS) com recurso à energia solar a ser implantado nas instalações dos SIMAR, Juncal.

 

O investimento total efetuado foi de 92.000,00€ (comparticipado em 80% pelo FEE) e possibilitará a redução anual de energia em 73.567 KWh/ano, correspondendo a 12.991,00€/ano.

 

Nestas instalações, os SIMAR dispõem de dois balneários, com 22 duches, representando um consumo diário de cerca de 10 500 litros. Tendo em consideração que os sistemas existentes apresentavam tecnologia obsoleta, idade avançada e consequentemente um sistema de aquecimento de água pouco eficiente, pretendeu-se reabilitar o sistema de energia solar e dimensioná-lo para as necessidades atuais de AQS permitindo que a energia solar térmica seja a energia principal para a produção de AQS, com a instalação de 46 Coletores Solares; um novo depósito de água com 2500l interligado aos depósitos existentes, nova caldeira a gás de 150kW como energia de apoio e todos os acessórios incluindo contadores de entalpia de forma a conseguir dados de energia produzida no sistema (energia renovável).

 

Com a implementação deste sistema, a energia solar irá garantir 60% das necessidades energéticas para a produção de AQS nos balneários, reduzindo o valor da fatura energética e custos de exploração para produção de águas quentes sanitárias. O novo sistema permite uma redução de emissões de Gases de Efeito de Estufa (GEE).

 

Alinhado com as estratégias indicadas no Programa Nacional para as Alterações Climáticas (PNAC), dirigido fundamentalmente aos setores da Administração Pública, pretendem os SIMAR assegurar uma trajetória de baixo carbono de forma a mitigar os efeitos das alterações climáticas.

 

 Numa prespetiva de melhoria continua na utilização de recursos, conscientes que a incorporação de energias renováveis permite a redução da depencência energética e redução de emissões, esta iniciativa reforça a responsabilidade ambiental e social enquanto entidade gestora.

 

A aposta dos SIMAR no aumento de consumo de renováveis contribui ainda para um aumento de eficiência energética e reforça a constante responsabilidade ambiental.

 

A redução de GEE contribui ainda para a melhoria de qualidade do ar, especialmente nas cidades, nomeadamente com impactes positivos na saúde pública dos Munícipes.

 

Veja aqui algumas fotografias.

selos
Mapa do Site
Perguntas Frequentes